Presidente da Sempre Amigos está em Fórum em Maceió

O presidente da Sempre Amigos, Edvaldo Furtado Apolinário, mais conhecido como Didi, chegou ontem em Maceió e ficará até o 7 de abril para participar de um Fórum cujo tema principal é o Plano de Ações Estratégicas para o enfrentamento das DCNT (Doenças Crônicas Não Transmissíveis) no Brasil.
Este é um plano apresentado pelo governo brasileiro em 2011, com um protocolo de metas a serem cumpridas até 2022 em relação às DCNT. As DCNT representam uma ameaça para a saúde e desenvolvimento a todas as nações. A ONU (Organização das Nações Unidas) estima em cerca de 36 milhões as mortes anuais por esse grupo de doenças, cujas taxas de mortalidade são maiores em países de baixa e média renda.
Segundo Didi, que leu e releu todo o plano, nada foi feito nesse sentido até agora. “Uma das metas era de que, até 2013, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) iria fazer um levantamento detalhado sobre o número de doente crônicos no país, mas eu, que lido com isso, sei que não houve nada nesse sentido. Temos algumas estatísticas, mas nada muito detalhado”, explica ele.
Para Didi, que participa do Fórum como representante da Fenad (Federação Nacional dos Diabéticos) e como integrante da Comissão de Patologia do Conselho Nacional de Saúde, esta é uma oportunidade de debater o que pode ser feito no assunto específico da Diabetes, que é uma doença crônica não transmissível, no âmbito municipal, estadual e federal, já que as metas não foram cumpridas.