Feliz Dia das Mães!

A missão de ser mãe quase sempre começa com alguns meses de enjoo, azia, seguido de desejos por comidas estranhas, aumento de peso, dores na coluna, emoção à flor da pele e arrumação de travesseiros e almofadas na cama, para acomodar melhor sua barriga. Mãe não é apenas aquela que gera. Tem mãe que adota, tem a mãe que cria, mas uma coisa é fato: depois que uma mulher se torna mãe, ela nunca mais será a mesma. Mãe é a primeira a dar condições para seus filhos viverem bem. Mãe é aquela que ama antes de ser amada. É aquela que atende antes de ser chamada. É aquela que beija antes de ser beijada. É aquela que corre para o abraço esquecendo o cansaço. Só uma mãe é capaz de se doar, de perdoar, de compreender, de aceitar e não julgar. Ser mãe é ser feliz somente por ser mãe! Ser mãe é ser amor e amor que ninguém esquece! Ser mãe é ser mãe e ponto. Parabéns e Feliz Dia das Mães!

Publicado em: Blog

07 de abril – Dia Mundial da Saúde

O Dia Mundial da Saúde é comemorado anualmente no dia 7 de abril. Essa data, criada pela Organização Mundial da Saúde, é um momento para que questões sérias relacionadas à saúde sejam trabalhadas, garantindo a conscientização sobre esse tema e estimulando a criação de políticas voltadas ao bem-estar da população. 

A cada ano, um tema é adotado, refletindo alguns dos principais problemas relacionados à saúde que afetam a população mundial. Alguns temas de campanhas anteriores incluem “Salvar vidas: hospitais seguros em situações de emergência” (2009), “Hipertensão: conheça seus números” (2013), “Do campo à mesa, obtendo alimentos seguros” (2015), “Vamos conversar” (lema de 2017 que teve como mote a depressão), e “Saúde universal: para todos e todas, em todos os lugares” (2019).

O tema de 2024 é “Minha saúde, meu direito”. Essa escolha visa defender o direito de todas as pessoas, em todos os lugares, de ter acesso a serviços de saúde, educação e informação de qualidade, bem como a água potável, ar puro, boa nutrição, moradia de qualidade, condições ambientais e de trabalho decentes e ausência de discriminação. A saúde é um direito humano fundamental, e a campanha deste ano busca conscientizar sobre a importância de garantir que todas as pessoas tenham acesso a cuidados de saúde adequados e igualitários. 🌟🌿🌍 

A definição de saúde vai além da ausência de doença. Segundo a Organização Mundial da Saúde, “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”. Portanto, cuidar da saúde envolve não apenas tratar doenças, mas também promover qualidade de vida e bem-estar em todos os aspectos da nossa existência. 

Neste Dia Mundial da Saúde, lembremo-nos da importância de cuidar de nós mesmos e dos outros, buscando um equilíbrio entre corpo e mente. 🌿🌟 

Texto escrito por: Daniela Nivea Alves – Nutricionista – (19) 98153-0852

Publicado em: Blog

Podologia 👣 Saúde e bem estar para seus pés

A Podologia é uma ciência que estuda a anatomia, a fisiologia e a patologia dos pés. Essa análise permite verificar se as extremidades dos membros inferiores estão saudáveis, ou seja, livres de alterações que geram dores, mudanças na forma de pisar ou caminhar, bem como mudanças estéticas.

O pé diabético é uma condição séria que requer cuidados especiais para prevenir complicações. Aqui estão algumas recomendações para a podologia em pacientes com diabetes: 

Mantenha os pés sempre limpos; Seque bem os pés, especialmente entre os dedos, todos os dias; Corte as unhas de forma reta e mantenha-as limpas; Use calçados fechados, macios e confortáveis; Escolha solados rígidos para proteger os pés; Prefira meias sem costuras para evitar atrito; Não corte as pontas das unhas; Não remova calos por conta própria. 

Lembre-se de que o acompanhamento regular com um profissional de saúde especializado é essencial para a prevenção e tratamento adequado do pé diabético.

Para todo pé diabético, recomendam-se sessões mensais para o corte das unhas, remoções de calos e calosidades, higienização geral e hidratação dos pés, e, principalmente, para massagens reflexiológicas, que são estimulantes da circulação, que geralmente é comprometida nas pessoas com diabetes.

Texto escrito por: Cristiane de Souza Somenek – Podólgoga – (19) 98220-7686

Publicado em: Blog

O que é o Diabetes?

O diabetes é uma doença crônica caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue. Se não for tratado, pode provocar danos em vários órgãos. Existem três tipos principais de diabetes:

Diabetes tipo 1: É o tipo menos comum e acomete com maior frequência crianças e adolescentes. Considera-se uma doença autoimune, pois o próprio sistema imunológico ataca as células do pâncreas responsáveis por produzir a insulina. Nesse caso, a insulina não é produzida, e a glicose não é transportada para as células, acumulando-se no sangue.

Diabetes tipo 2: É o tipo mais comum e ocorre devido à resistência à insulina, que se desenvolve ao longo da vida. Geralmente, está relacionada a maus hábitos alimentares, sedentarismo e obesidade. Essa resistência diminui a ação da insulina no corpo, resultando no acúmulo de glicose no sangue.

Diabetes gestacional: é o diabetes diagnosticado durante a gestação e está relacionada à produção, pela placenta, de outros hormônios que comprometem a ação da insulina. Pode perdurar após a gestação, quando passa a ser chamado de diabetes tipo 2.

Os sintomas clássicos do diabetes incluem:

Sensação de sede exagerada, aumento de fome, vontade frequente de urinar, boca seca, cansaço fácil, alterações da visão, entre outros.

São sintomas muito comuns também em outras condições de saúde, portanto para um correto diagnóstico, é importante não ignorar esses sintomas e buscar orientação médica.

O tratamento da diabetes geralmente envolve alterações no estilo de vida, como dieta e exercícios, além do uso de medicamentos como antidiabéticos orais ou insulina, quando necessário.

Texto escrito por: Daniela Nivea Alves – Nutricionista – (19) 98153-0852

Publicado em: Blog

Blog da Associação Sempre Amigos

Informação de qualidade é fundamental para garantir o acesso a uma vida plena.

Publicado em: Blog